Nandaramosf's Blog

março 27, 2012

MEU NOVO BLOG…

Filed under: Uncategorized — Nanda Ramos @ 7:23 pm

http://umbumangaba.blogspot.com.br/

dezembro 22, 2009

Grey’s Anatomy

Filed under: Series — Nanda Ramos @ 2:28 am

Um pedacinho da série que me inspira muito… realmente fiquei “viciada” rs, mas.. me inspirou em varios momentos da faculdade… e em vários trabalhos cientificos..acreditem ou nao…é isso mesmo!!!haha!!

ta aí… GREY’S ANATOMY…. vale a pena p quem gosta!!..

Filed under: Livros — Nanda Ramos @ 2:04 am

Recentemente ganhei um presente que fiquei muito feliz… ( deixando claro que todo presente me deixa feliz..rs..)

Mas, esse realmente foi inesperado..pois ganhei de um grande amigo e ele nao sabia o quanto desejava esse livro…

pois bem..como falei é um Livro..hehe… e p quem me conhece de verdade, sabe a minha eterna paixao por filmes…

o livro é: 1001 FILMES para ver antes de morrer

Gente…o que é esse livro??? to encantada… é realmente “alucinante”…rs

Ao meu amigo Douglas Vianna……mto OBRIGADA!!…levarei comigo, SEMPRE!! =)

Nizo Neto

Filed under: Diversão — Nanda Ramos @ 1:51 am

Coisas do Nizo Neto…tinha q ser…hahahha…

segundo ele: “Por falta de imaginação copiei e colei umas besteiras do Twitter”

– Herbert Richers e Lombardi vão protagonizar um filme: Vozes do Além.

– Sempre que ouço falar num feriado em homenagem à Zumbi, me vem a cabeça “dia da consciencia dos mortos-vivos”

– G1 “Madonna sai para jantar com Jesus.” Se na cabeceira tiver um Judas já virou um épico !

– Diego Alemão volta de NY e já declarou: “Quero ficar atrás das câmeras”. Graças à Deus !!
– Madonna no Rio e nem me ligou…Querem apostar como vai me ligar de madugrada, doidona, saindo da balada ??

– Toda vez que eu penso que tenho seguidores me sinto o lider de uma seita macabra…

– Casal nu debaixo do lençol. Mulher apalpa. “Querido, você não tem pau ?” Homem: “Tenho…eu não tenho a perna esquerda.”

– Protógenes pra mim soa como o “Deus grego da proctologia”.

– Conheci uma bichinha pobre metida à ecológica que, ao invés de silicone, botou os peitinhos de garrafa pet reciclada

– “Demitido, Joel Santana é colocado à venda por $200 mil.” Dá pra fazer em 3x no cartão ??

– “Antonio Banderas desiste de interpretar Ayrton Senna no cinema”. Onde está o empresário do Frota nessa hora ??

…..é isso aí…é o twitter Galera…!!

Valentine’s Day

Filed under: Filmes#cinema — Nanda Ramos @ 1:42 am

PRESENTE…

Filed under: Para Refletir... — Nanda Ramos @ 1:38 am

As vezes, os melhores presentes vem nas formas mais inesperadas…

Diariamente, podemos dar o presente da vida…

…pode ser doloroso, pode ser assustador…

Mas, no fim vale a pena… SEMPRE!!

Todos têm a oportunidade de dar, talvez os presentes não sejam tão dramáticos quanto os que acontecem na vida de muitas pessoas…

Talvez o presente seja tentar e pedir uma simples desculpa…

Talvez seja entender o ponto de vista de outra pessoa…

Talvez seja guardar um segredo para um amigo.

A alegria supostamente está no presentear… então quando a alegria acabar…

Quando o presentear começa mais a parecer um fardo… é quando vc para….

Mas, se você é como a maioria das pessoas que conheço… que presenteia até doer..rs

E então….

Presenteia um pouco mais…

O PASSADO

Filed under: Pessoal — Nanda Ramos @ 1:19 am

Pessoas vivem em um mundo que está sempre progredindo e andando para frente.

Se ficar um segundo parado, será deixado para trás. Mas, por mais que tentemos seguir em frente… Por mais tentador que seja não olhar para trás… O passado sempre volta para nos “infernizar”.

E como a história nos mostrou inúmeras vezes, quem esquece o passado está destinado a repeti-lo.

As vezes o passado é uma coisa que não conseguimos esquecer…

E as vezes o passado é algo que faríamos  tudo para esquecer…

E as vezes…descobrimos algo novo sobre ele, que muda tudo o que sabemos… sobre o presente.

……

novembro 27, 2009

Lenda sufi: o cavalo perdido

Filed under: Textos# interessante — Nanda Ramos @ 2:23 am

Há muitos anos, numa pobre aldeia chinesa, vivia um lavrador com seu filho. Seu único bem material, além da terra e da pequena casa de palha, era um cavalo que havia sido herdado de seu pai.

Um belo dia, o cavalo fugiu, deixando o homem sem o animal para lavrar a terra.      Seus vizinhos – que o respeitavam muito por sua honestidade e diligência – vieram até sua casa para dizer o quanto lamentavam o ocorrido. Ele agradeceu a visita, mas perguntou:

– Como vocês podem saber que o que ocorreu foi uma desgraça na minha vida?

Alguém comentou baixinho com um amigo: “ele não quer aceitar a realidade, deixemos que pense o que quiser desde que não se entristeça com o ocorrido”.

E os vizinhos foram embora, fingindo concordar com o que haviam escutado.

Uma semana depois, o cavalo retornou ao estábulo, mas não vinha sozinho; trazia uma bela égua como companhia. Ao saber disso, os habitantes da aldeia – alvoroçados, porque só agora entendiam a resposta que o homem lhes havia dado – retornaram à casa do lavrador, para cumprimentá-lo pela sua sorte.

– Você antes tinha apenas um cavalo, e agora possui dois. Parabéns! – disseram.

– Muito obrigado pela visita e pela solidariedade de vocês – respondeu o lavrador. – Mas como vocês podem saber que o que ocorreu é uma bênção na minha vida?

Desconcertados, e achando que o homem estava ficando louco, os vizinhos foram embora, comentando no caminho “será que este homem não entende que Deus lhe enviou um presente?”

Passado um mês, o filho do lavrador resolveu domesticar a égua. Mas o animal saltou de maneira inesperada, e o rapaz caiu de mau jeito – quebrando uma perna.

Os vizinhos retornaram à casa do lavrador – levando presentes para o moço ferido. O prefeito da aldeia, solenemente, apresentou as condolências ao pai, dizendo que todos estavam muito tristes com o que tinha acontecido.

O homem agradeceu a visita e o carinho de todos. Mas perguntou:

– Como vocês podem saber se o que ocorreu foi uma desgraça na minha vida?

Esta frase deixou a todos estupefatos, pois ninguém pode ter a menor dúvida que um acidente com um filho é uma verdadeira tragédia. Ao saírem da casa do lavrador, diziam uns aos outros: “o homem enlouqueceu mesmo; seu único filho pode ficar coxo para sempre, e ele ainda tem dúvidas se o que ocorreu é uma desgraça”.

Alguns meses transcorreram, e o Japão declarou guerra contra a China. Os emissários do imperador percorreram todo o país, em busca de jovens saudáveis para serem enviados à frente de batalha. Ao chegarem à aldeia, recrutaram todos os rapazes, exceto o filho do lavrador, que estava com uma perna quebrada.

Nenhum dos rapazes retornou vivo. O filho se recuperou, os dois animais deram crias que foram vendidas e rederam um bom dinheiro. O lavrador passou a visitar seus vizinhos para consolá-los e ajudá-los – já que tinham se mostrado solidários com ele em todos os momentos. Sempre que algum deles se queixava, o lavrador dizia: “como sabe se isso é uma desgraça?” Se alguém se alegrava muito, ele perguntava: “Como sabe se isso é uma benção?” E os homens daquela aldeia entenderam que, além das aparências, a vida tem outros significados.

…PAULO COELHO….

novembro 26, 2009

TRAUMAS…

Filed under: Para Refletir... — Nanda Ramos @ 5:05 am

Não importa se somos fortes…

traumas, sempre deixam uma cicatriz…

Nos seguem até nossa casa…

mudam nossas vidas…

Traumas derrubam a todos….mas, talvez essa seja a razão…

TODA A DOR, O MEDO E AS BESTEIRAS…

TALVEZ VIVER ISSO É O QUE NOS FAZ SEGUIR ADIANTE…

É O QUE NOS IMPULSIONA..

TALVEZ PRECISEMOS CAIR UM POUCO, PARA LEVANTAR NOVAMENTE.

novembro 24, 2009

CROCHETAGEM Fisioterapia

Filed under: Saúde — Nanda Ramos @ 10:36 pm
CROCHETAGEM

 

Definição

A Crochetagem é um método de tratamento das algias mecânicas do aparelho locomotor, pela destruição das aderências e dos corpúsculos irritativos inter-aponeuróticos ou mio-aponeuróticos através de ganchos colocados e mobilizados sobre a pele.
Fibrólise: alongamentos, ruptura das fibras.
Percutânea: projeção das estruturas anatômicas sobre a pele.

Histórico:

O fundador desta técnica é o fisioterapeuta sueco Kurt Ekman. Ele trabalhou na Inglaterra ao lado do Dr. James. Cyriax durante os anos pós-segunda guerra mundial. Frustrado por causa dos limites palpatório das técnicas convencionais, inclusive a massagem transversa profunda de Cyriax, ele elaborou progressivamente uma série de ganchos e uma técnica de trabalho.

A sua reputação se desenvolveu depois do tratamento com sucesso de algias occipitais do nervo de Arnold, de epicondilites rebeldes e de tendinites de Aquiles rebeldes. Durante os anos 70, ele ensinou seu método para vários colegas, como P. Duby e J. Burnotte. Estes perpetuaram o ensino de Ekman lhe dando uma abordagem menos sintomática da patologia.

De fato, no inicio Ekman tinha uma abordagem direta e agressiva, ou seja, dolorosa. Esta abordagem prejudicou durante muito tempo à técnica. P. Duby e J. Burnotte se inspiraram do conceito de cadeias musculares e da filosofia da osteopatia para desenvolver uma abordagem da lesão mais suave, através da diafibrólise percutânea.

Os efeitos da Crochetagem :

Efeito mecânico:

– Nas aderências fibrosas que limitam o movimento entre os planos de deslizamento tissulares.
– Nos corpúsculos fibrosos (depósito úricos ou cálcios) localizados geralmente nos lugares de estases circulatório e próximo ás articulações.
– Nas cicatrizes e hematomas, que geram progressivamente aderências entre os planos de deslizamento.
– Nas proeminências ou descolamentos periósteos.

Efeito circulatório:

A observação clínica dos efeitos da diafibrólise percutânea parece demonstrar um aumento da circulação sangüínea e provavelmente da circulação linfática. Ainda, o rubor cutâneo que segue uma sessão de crochetagem parece sugerir uma reação histámica .

Efeito reflexo:

A rapidez dos efeitos da Crochetagem, principalmente durante a aplicação ao nível dos trigger points (gatilho, de inibição, do tipo Knapp, Jones, Travell…) sugerem a presença de um efeito reflexo.

Indicações:

– As aderências consecutivas a um traumatismo levando a um derrame tecidual.
– As aderências consecutivas a uma fibrose cicatricial iatrogênica cirúrgica.
– As algias inflamatórias ou não inflamatórias do aparelho locomotor: miosite, epicondilites, tendinites, periartrites, pubalgia, lombalgia, torcicolo… .
– As nevralgias consecutivas a uma irritação mecânica dos nervos periféricos, occipitalgia do nervo de Arnold, nevralgia cervico-braquial, nevralgias intercostais, ciatalgia.
– As síndromes tróficas dos membros: algoneurodistrofia, canal do carpo.

Contra-indicações:

– O terapeuta: agressivo ou não acostumado com o método.
– Os maus estados cutâneos: pele hipotrófica, pele com úlceras, as dermatoses (eczema, psoríase).
– Os maus estados circulatórios: fragilidade capilar sangüínea, reações hiperhistamínicas, varizes venosas, adenomas.
– Pacientes que estão fazendo uso de anticoagulantes
– Abordagens demasiadamente diretas em processos inflamatórios (tendosinovite,…).
– Psicológica (estresse, emoções;…) idade (crianças ou idosos) ou solicitação do paciente.

Descrição do material:

Depois de ter testado vários materiais como a madeira, osso e outros K. Ekman criou uma série de gancho de aço para atender às exigências do seu método.

Cada gancho apresenta uma curvatura diferente permitindo o contato com os múltiplos acidentes anatômicos que se interpõem entre a pele e as estruturas a serem tratadas.

Cada curvatura se acaba em uma espátula que permite reduzir a pressão exercida sobre a pele. Isto permite reduzir a irritação cutânea provocada pelo instrumento. Além disso, cada espátula apresenta uma superfície externa convexa e uma superfície interna plana. Esta configuração cria entre as duas superfícies um bordo bisoté e desgastado.

Esta estrutura melhora a interposição da espátula entre os planos tissulares profundos inacessíveis pelos dedos do terapeuta, e permite a Crochetagem  das fibras conjuntivas delgadas ou dos corpúsculos fibrosos em vista de uma mobilização eletiva.

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.